A problemática Ambiental atual

Esse é um artigo que desenvolvi para o trabalho de Introdução a Engenharia Ambiental e que gostaria de compartilhar com todos.

  O modo de produção atual
      Primeiramente é preciso frisar que o modo de produção atual, que é baseado no alto consumo, baixa durabilidade e caracterizado como linear, é resultado de um processo que ocorreu durante décadas e envolve aspectos sociais e econômicos que devem ser levados em consideração. Um dos supostos benefícios deste sistema é o alto e rápido desenvolvimento econômico, porém podemos observar seus reflexos nas populações carentes no mundo. Os governos dos países subdesenvolvidos são responsáveis por políticas inadequadas e até mesmo ineficientes de desenvolvimento, má administração de recursos e a conseqüente corrupção.
       Partindo deste pretexto, não basta apenas apontar a incompetência do governo em relação à conscientização da população em geral, é necessário denunciar a ideologia por traz desse mecanismo de produção e suas ações incontroláveis como suposto mecanismo de progresso para todos.
        Utilizando-se o conceito de ética ambiental, onde o objetivo é intensificar as campanhas contra destruição ambiental e preparar as novas gerações para conviver com as possíveis catástrofes, devemos ter a consciência que nossas ações não irão afetar somente a nós, mas lugares que nem imaginamos no mundo inteiro. Assim sendo, para diminuir o sofrimento e o risco de crises no meio ambiente, o desenvolvimento deve buscar equilíbrio entre utilização e conservação. As sociedades podem prosperar, segundo o modo de produção capitalista, mas cuidando do planeta. É fundamental a busca de novas maneiras de viver e se desenvolver ao mesmo tempo, buscar atitudes que preservem a vitalidade do meio ambiente e que sejam, desse modo, sustentáveis. Esse alvo pode ser obtido por meio do desenvolvimento sustentável, que satisfaz as necessidades dos indivíduos hoje, mas sem destruir os recursos que serão indispensáveis no futuro, baseado em planejamento e no reconhecimento de que, para não acabar com os recursos naturais é fundamental que se reconheçam os limites de tais recursos.

            

0 comentários:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Leonardo Bandeira
Estudante do primeiro semestre de Engenharia Ambiental pelo instituto federal de Maracanaú, formado em Inglês e atual estudante de Francês pelo IMPARH. Criei o blog com o intuito de repassar informações sobre o meio ambiente de forma crítica e direta.
Visualizar meu perfil completo

Sobre este blog

Minha lista de blogs

visualizações de página

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Pesquisar este blog